28 julho 2016

Projectos de Amor

Fotografia: Clark Gable & Vivien Leigh – In.: Gone With The Wind

- O amor pode ser grande ou pequeno,
tem mil formas e dez mil cheiros,
não interessa a cor e o sabor,
é amor!


- Sabes qual o significado do grande amor?!
- Grande amor é o do presente.

Pode não ser tão arrebatador como alguns do passado, mas por isso os do passado estão no passado, não eram grandes o suficiente para se susterem, acabaram e por se desvanecer como uma escultura de areia.

Uma grande paixão sim, pode pertencer ao passado e ser eternamente a grande paixão, aquela que nos fez cometer loucuras que não faríamos de outra maneira nem por mais ninguém, a paixão é isso mesmo, louca e fugaz.
Existe enquanto não se conhecem as verdadeiras cores da pessoa, criamos a ilusão em volta de um ser perfeito que quando observamos de perto é apenas um reflexo enganador daquilo que projectamos.

A paixão é mordaz, necessita do "final" finalizado para ser boa de recordar, caso contrário será confundida com amor e vai assombrar-nos o resto da vida.

O passado está lá atrás, foi escrutinado e não há nada de novo, nem nada que o mude. 
Voltar ao passado é andar para trás na vida, voltar a cometer erros que já foram cometidos e acabar novamente no mesmo sitio.

- Perca de tempo precioso.

Eu enterro o passado e vivo o agora, até porque quem vive de passado é museu e por lá está tudo morto, e como dizem os católicos o futuro só a Deus pertence.

Por enquanto és o "meu" para sempre.
Se assim não for, que adianta?!

- Se és o meu grande amor?
- Por agora és.

- Isto não é uma declaração de amor, 
parecido talvez.

Se trais um amor nas enormes teias que a traição tem, o meu amor vai desvanecer. 
Se não cuidas, desdizes e desvalorizas, o meu amor vais esmorecer.
Se negas a sua existência e o escondes, o meu amor vai acreditar que não existe.

Da minha cabeça aos meus pés, das palavras aos actos, do afecto ao pensamento, é no seu todo que se traduz o amor, e é no seu todo que se perde o amor.

Da minha loucura à minha sanidade, por agora és o meu grande amor.


- O verdadeiro grande amor; 
aquele "e viveram felizes para sempre",
será aquele que no dia da nossa morte estará a nosso lado.

- Somos meros projectos de "grandes amores" na vida uns dos outros.

Dєiα  

2 comentários:

  1. Lindo texto!! Concordo plenamente com o teor

    ResponderEliminar
  2. Lindo texto!!! Concordo com essa teoria!

    ResponderEliminar